11.11.08

CORAÇÃO FELIZ

O meu coração está feliz!
E todo o meu corpo.
Porque
Um sentimento doce
me corre nas veias.
E por isso estou feliz!
Apetece-me abraçar as árvores
e dar palmadas nos muros
que nem o Tomé da Póvoa.
Ele dizia:
Estas árvores são minhas,
Estes muros são meus.
Até os passarinhos,
que fazem os ninhos
em minhas árvores
são meus!
Tomé da Póvoa estava feliz!
Como o meu, também o seu coração,
batia forte, de alegria e comoção!

Labels: UM POUCO DE POESIA

posted by Mara at 8:55 AM 3 Comments Links to this post

3 comentários:

Gui disse...

Um poema que denuncia uma alma lavada e feliz. Tomé da Póvoa era um homem de bem com a vida, com o mundo e consigo próprio, a Mara acompanha-o nessa alegria de viver e de apreciar as maravilhas que a rodeiam, e isso só acontece quando a nossa alma é também maravilhosa. Parabéns Mara. Adorei ler o seu poema. Obrigado por nos transmitir tanto optimismo. Um beijo.

Mara disse...

Obrigada querido amigo, pois quem me faz um comentário assim tenho de considerar amigo. Estou feliz por tê-lo encontrado nos CVS porque a sua poesia me encanta assim como a sua simplicidade.
Beijo

Mara disse...

Obrigada querido amigo Gui....