19.5.09

UM LINDO PRESENTE



Na paleta colorida,
De um inspirado pintor,
Temos a escala garrida,
Uma a uma a sua cor.

Verde, amarelo, castanho, salmão,
branco e rubi, azul, marron,
Lilás e rosa, beije doirado,
O verde mar... o encarnado !

(Poema cantado numa peça de teatro relizada pela escola,
nos meus 6 anos,
no Teatro Sá da Bandeira, no Porto. Nunca mais a esqueci).
Eu ara o amarelo)

15.5.09

PINTURA "ROUBADA"



Uma bela pintura,
Um jogo de cores.
Tais misturas
Despertam amores.

Uma vontade surgiu.
Uma ideia me assaltou.
Roubo, não roubo?
Meu coração decidiu.

Roubei, trouxe comigo.
Meu blog agradeceu.
Não te zangues meu amigo.
Eu te digo, fui eu.

14.5.09

ANTÓNIO E O CANÁRIO




Duas naturezas distintas
Ligadas por amor puro
Um bebé encantador
E um canário que voa
pela casa
livremente
quando quer
e sempre quer...


Adoram encontrar-se
trocar sorrisos
e falas
O canário voa a gosto
pelas salas
pousa aqui, pousa acolá
até que recolhe à gaiola
já cansado de voar...

E o bébé desolado
triste, vencido,
não consegue apanhar
o atrevido...

10.5.09

DOMINGO SEM SOL



Que falta faz o sol
com os seus raios dourados
Que falta ele faz!
Domingos acinzentados!

Como é belo o sol.
Parece ouro a brilhar.
Abrem-se os sorrisos,
Corações a palpitar.

Os pássaros cantam!
Com seu belo chilrear.
Abrem asas e voam pelo ar.

Trocam-se beijos
com o calor do sol!
Sem sol, não há beijar!

9.5.09

Mais um prémio.




É com muito prazer que recebo umais um selo oferecido à minha querida amiga Ana Martins que muito admiro e que ela com muita simpatia oferece aos seua amigos.


Tema: HOMO SAPIENS

A imagem que representa as mudanças ocorridas no HOMO SAPIENS durante as suas diferentes étapas leva-nos a pensar se o saber foi também aumentando de étapa para étapa. Em alguns homens isso acdonteceu a ponto de ficarem na história pela sua sabedoria. Mas a maioria dos homens não atingiram tanto saber o que muito prejudica a evolução dos países que deveriam ser governados por verdadeiros homens com grande sapiência.