19.7.09

TERNURAS DE MÃE
























JOÃO PAZ


Mais um filho a pintar,
Como nunca ninguém viu.
Palavras de uma mãe.
Que muita mãe já sentiu!

Como é belo, bom e sentido,
Este meu contentamento.
Mais um modelo de amor
Que me encanta por dentro!

Cada filho, cada estilo,
Cada estilo, o meu encanto.
Que mãe feliz eu me sinto,
Será que mereço tanto?

Se maiores alegrias não tive,
Nos dias que já vivi,
Estas são a recompensa,
Por tudo quanto sofri!


4 comentários:

Maria Letra disse...

Milai,
Mais um lindo poema teu, cheio de encanto, através do qual nos transmites a tua realização pessoal, como mãe, por veres mais um dos teus filhos ligado às artes, como uma mais valia para ele e como veículo de comunicação com os outros.
Pessoalmente não carrego nenhuma cruz, nem tenho qualquer cruz em minha casa, exceptuando, porém, um quadro pintado por uma amiga do coração. A cruz simboliza o sofrimento de Cristo que não quero recordar. Prefiro recordar o que foi a Sua vida, não o que foi a
Sua morte.
Parabéns, no entanto, ao João e à sua Mãe, que creio ainda não estar convencida do real valor que tem. Mas na parte que me toca, estarei presente para provar-lhe que 'água mole em pedra dura ... tanto dá até que fura'! Acabarei por convencê-la.
Beijinhos.
Maria Letra

Mara disse...

Querida Mizita,

Há um pormenor na tela do João que provavelmente te passou despercebido e que, na altura, me comoveu de uma forma intensa. O João é um filho com muita fé. Fui-me apercebendo as poucos dessa sua faceta. Ele é uma pessoa de poucas falas! Tem o seu valor mas não o demonstra.

Se repareres bem, ele colocou os braços de Jesus acima da Cruz por alguma razão. Não teria coragem de colocar os pregos que seguram as Mãos da Imagem, assim como nos Pés.
Eu tenho cruzes com Cristo e cruzes sem Cristo. Lembrar o seu sofrimento é, realmente uma grande tristeza, mas, olhar para Cristo na Cruz reforça a minha fé
e olhar para a cruz sem Cristo é uma cruz que perdeu o seu valor, o valor que a Imagem lhe dá.

Beijinos
Milai

Ana Martins disse...

Querida amiga Milai,
linda a tela, belíssimo o poema!

Parabéns ao filho e à Mãe.

Beijinhos,
Ana Martins

Mara disse...

Querida Ana,

Obrigada,
Adoro comentários que me fazem sentir feliz. O meu João agradece.

beijinhos
Milai