29.4.09

A SUBIR A SERRA

 
Posted by Picasa

7 comentários:

Ana Martins disse...

Querida amiga Mara,
estive apreciando as suas telas, você é de facto uma verdadeira artista... Parabéns!!!!!!!!

Beijinhos,
Ana Martins

Mara disse...

Querida Ana Martins,
Agradeço muito as suas palavras. É muito bom ouvir elogios. Porém, eu ainda não consigo sentir-me srtista.
Tenho muito ainda que praticar.

Um beijinho de amizade

Mara

Augusto disse...

Olá Mara
Este seu quadro parece minha rua. Ela leva à Pasargáda, poema do Manuel Bandeira.

Senti-me indo para casa com essa sua tela. A Ana tem razão: você é mesmo uma artista.

Augusto

as-nunes disse...

Como eu gostaria de ser capaz de passar para a tela algumas das sensações que me assaltam o espírito e que só dessa maneira se conseguiriam transmitir, penso eu.
Estou a gostar destes seus trabalhos. Aliás basta saber que são originais da autora para se perceber que, independentemente da técnica usada, hão-de representar sentidos, sentimentos e emoções do que vai observando e lhe cativa a sensibilidade.
Nos meus tempos de escola cheguei a participar de algumas exposições, ms nunca me considerei com talento suficiente. O tempo, entretanto, desviou a minha trajectória para outras actividades.
Já vi que gostou da faia que coloquei há dias no meu blogue. Agora está muito mais airosa e radiante.
Um beijinho amigo
António

Mara disse...

Querida Ana Martins,

Aos pouqinhos vou-me convencendo que me estou tornando. como dizem os meus amigos que sei que são sinceros, um bocadinho artista. Ando sempre de volta dos quadros e isso me faz bem e me ajuda já que nunca tive aulas de pintura. O que sai da minha cabeça e o que os meus olhos vão captando aqui e ali, é o que vai para o papel. Obrigada querida Ana.

Beijinhos
ara

Mara disse...

Olá Augusto,

Que contente fiquei por pintar algo parecido com a sua rua.
que bom o sentimento que sentiu ao olhar a tela!
Obrigada amigo Augusto

Mara disse...

Querido amigo António,

Quando olhar a minha tela "Subindo a Serra" vou olhá~la de modo diferente. Vou tentar descobrir nela sensações.
O que faço e que só agora descobri (tenho 3 filhos e 5 netos que pintam divinalmente) é na verdade tudo original. O que os meus olhos captam - como disse à Ana Marins - e fica na minha mente, vai para a tela, levando no entanto o meu cunho pessaol.
O brigada pela sua amizade. Todos temos dis sim e dias não. Mas, com os amigos que me cercam tenho todas as possibilidades de ter menos dias não. Ne verdade é que ainda não me consegui convencer que já entrei na dezena dos 70 e amo demais a vida.

Um abraço e um beijo da
Mara