13.3.10

TRISTE BELO POEMA DE FERNANDO PESSOA















O CARRO DE PAU QUE BEBÉ DEIXOU...
BEBÉ JÁ MORREU, O CARRO FICOU...

O CARRO DE PAU TOMBADO DE LADO...
DEPOIS DO ENTERRO FOI ASSIM ACHADO...

GUARDARAM O CARRO,GUARDARAM BEBÉ...
A VIDA E OS BRINQUEDOS---CADA UM É O QUE É...

ESTÁ O CARRO GUARDADO...BEBÉ VAI ESQUECENDO...
A VIDA É P'RA QUEM CONTINUA VIVENDO...

E O CARRO DE PAU É UM CARRO QUE ESTÁ
GUARDADO NUM SÓTãO ONDE NADA HÁ...

A VIDA É A MESMA ESQUECIDA CURIOSA...
QUEM SABE SE O CARRO SENTE ALGUMA COUSA?

***

8 comentários:

Alvaro Oliveira disse...

OLÁ MARA

BELO POST, EXCELENTE ESCOLHA!
E HÁ UMA VERDADE NESTE POEMA.
A VIDA É PARA QUEM ESTÁ VIVENDO.

UM BOM FIM DE SEMANA

BEIJOS

ALVARO

MARA disse...

OLÁ ÁLVARO,

DIZ MUITO BEM. CONCORDO PLENAMENTE.

BOM FIM DE SEMANA TAMBÉM.

BEIJOS
MARA

Manuel disse...

Belíssimo.
Algo que faz pensar na vida e na morte.

MARA disse...

Caro Manuel,

FERNANDO PESSOA foi um dos nossos grandes poetas. Deixou-nos e muito se foi com ele. E foi Portugal que ficou a perder.

A morte leva quem podia deixar pelo valor que tem, e levaria quem nada tem para nos deixar.

Mara

Maria Letra disse...

Estou de acordo com os restantes comentaristas, Milai. Contudo, não obstante a minha grande admiração por Fernando Pessoa, sempre reconheci nele um lado que, de certo modo, a minha sensibilidade não "digere" bem. Havia nele um "qualcosa" de estranho. Provavelmente este "qualcosa" é exactamente o que o imortalizou.
Um bom acordar amanhã.

MARA disse...

Querida Mizita,

Temos de concordar que Fernando Pessoa foi um grande poeta. No entanto, se achas que havia nele "qualcosa" de especial, não te esqueças de que um Poeta é um Artista e um Artista tem sempre "qualcosa" para se diferenciar dos que não são Artistas. No entanto, como tu és uma pessoa muito especial, também "qualcosa" de que muito gosto.

Beijinhos
Milai

MARA disse...

Querida Misita,

também tu tens...(ficou no tinteiro).

Milai

Graça Paz disse...

Cada dia gosto mais de Fernando Pessoa!*