11.3.10

NO SÉ PORQUE TE QUIERO



***

No sé por qué te quiero

Será que tengo alma de bolero

Tú siempre buscas lo que no tengo

Te busco en todos y no te encuentro

Digo tu nombre cuando no debo
No sé por qué te quiero

Si voy a tientas, tú vas sin freno

Te me apareces en los espejos

Como una sombra de cuerpo entero

Yo me pellizco y no me lo creo
Si no me hicieran falta tus besos

Me tratarías mejor que a un perro

Piensa que es libre porque anda suelto

Mientras arrastra la soga al cuello
Querer como te quiero

No va a caber en ningún bolero

Te me desbordas dentro del pecho

Me robas tantas horas de sueño

Me miento tanto que me lo creo
Si no me hicieran falta tus besos

Me tratarías mejor que a un perro

Piensa que es libre porque anda suelto

Mientras arrastra la soga al cuello
Querer como te quiero

No tiene nombre ni documentos

No tiene madre, no tiene precio

Soy hoja seca que arrastra el tiempo
Medio feliz en medio del cielo
Quanto a mim, agora é que é.

***

5 comentários:

Manuel disse...

Há musicas que nos marcam e que fazem parte das nossas recordações.
Esta, não sendo das minhas preferidas, não deixa de ser uma referencia.

MARA disse...

É, na verdade, uma grande referência, que está muito guardadinha no meu Jardim Secreto.
Gosto muito das canções cantadas na língua de Passion Vega.
Há outra que adoro e que se chama Chavella Vargas. Para mim é um espanto.

Mara

Luis disse...

Querida Mara,
Não conhecia esta canção mas adorei pela letra e pela interpretação. Vai ficar no meu rol das que vou recordar.
Desejos de um bom fim-de-semana.

MARA disse...

Querido amigo Luis,

Que bom que gostou.

As canções em língua espanhola ou argentina são sempre lindas.

Bom fim de semana para si também a Família

Mara/Milai

Maria Letra disse...

Mais uma pessoa que não conhecia esta canção. Nunca os imaginei a cantarem juntos. Sinceramente, gosto mais da voz dele do que da dela.
Bjnhs