2.8.09

O OCEANO E EU


















É nosso o Oceano.
Meu e de todos vós.
Só não vai lá quem não quer
Ou não pode.
Vai-se lá saber a razão de cada um!
Mas eu fui lá!
Finalmente
Ao fim de alguns anos
pelas minhas razões.
Mas foi bom
O nosso encontro, a nossa união!
Ele veio até mim
Aos poucos e poucos.
Mas veio.
Molhou meus pés sedentos
dessa frescura refrescante!
Um sorriso abriu meus lábios.
Um sentimento de plenitude
Atacou meu coração!
Momento belo para amar, sonhar...
Como é belo e amigo o mar
Com sua espuma branca
E sua cor azul ou esverdeada.
Seu perfume encheu meu corpo por inteiro.
Tenho de lá voltar
Para trazer comigo energia
Força inspiração e alegria.




6 comentários:

Fernanda disse...

Querida amiga Milai,

O mar tem esse mesmo efeito sobre mim, carrega-me as baterias, fico nova, por dentro e por fora.

Belo poema, como sempre.
És um poço de talentos.

Beijo bella,

Alvaro Oliveira disse...

Olá MARA

O mar tem os seus encantos.
É fonte de inspnração dos poetas.
Adoro falar com o mar, contar-lhe meus segredos e ouvir seus murmúrios. Me encanta ler poesia
inspirada pelo mar, como este poema acabado de ler.

Um beijo

Alvaro

Mara disse...

Querida Ná,

Se eu ficasse nova por dentro por fora, montava arraiais juntinho ao mar e não mais de lá saía.

Obrigada pelo teu comentário e quem me dera ser um poço de talentos para ficar para a história.

Beijo principesa
Milai

Mara disse...

OLÁ ÁLVARO,

Obrigada.
Noto que os seus gostos fazem par com os meus no que refere ao mar e à natureza que nos rodeia.
Também fico encantada quando vou ao seu blog e leio os seus poemas. São encantadores, como suave música para os meus ouvidos.

Um beijo
Mara

Sonia Facion disse...

Que lindo Mara!!!

Uma expressão romantica e e intimista do mar.

Bjks

Sonia

Graça Paz disse...

Foi um fim de semana muito inspirador ,"tasse" a ver!!