1.6.09

A LUA


Lá longe no firmanento,
Vaidosa e iluminada
Está uma bola branca
que não fala, náo diz nada!

Levanto os olhos ao céu,
Com esperança e amor.
Mas nada ouço, nada me diz!
Assalta-me tristeza e dor!

Queria que me falasses,
E me enchesses de alegria,
A tua luz me alimenta
de noite e de dia!

Mas não perco a esperança
Quero ter-te como amiga,
Hei-de ouvir a tua voz
Para encher-me de alegria!

Serás amiga leal,
Me ouvirás sem responder.
Aceitarei teus conselhos
E saberei entender!

Obrigada amiga minha
não me negues teu frescor!
Dá luz aos meus dias,
E às minhas noites, amor!

2 comentários:

Ana Martins disse...

Bonito Mara, a Lua como musa inspiradora!

Beijinhos,
Ana Martins

Mara disse...

Querida Ana,

Já sabia que ia ter um lindo comentário da minha querida amiga.

Obrigada
mara