29.12.11


FELICIDADE


Depois de uma noite bem dormida,
Nos primeiros minutos do meu acordar,
Quando o nosso interior se recompõe
Para mais um dia de vida,
Desenhou-se na minha mente
A doce palavra FELICIDADE!

Foi uma tão bela surpresa que,
De olhos ainda fechados, sorri de contente.
Abri a janela e olhei o azul do céu.
Respirei o ar fresco da manhã
E olhei a relva verde e fresca,
Ainda com bolhinhas de orvalho.

Isto é FELICIDADE!


Adelaide 2011

4 comentários:

Maria Teresa Fheliz Benedito disse...

Querida Adelaide!
Que lindo!
Realmente FELICIDADE é isso, ter olhos para ver o nosso interior e ter sensibilidade para entender os acordes de Deus e o acorde para você hoje foi o desenho da felicidade dentro de você, que lindo, estou deveras emocionada aqui.
Parabéns por esse momento e muito obrigada por partilhar também comigo, beijos em seu coração e afgagos de Deus em sua alma.

Adelaide disse...

Querida Maria Teresa,
Obrigada por gostar de pequenos e simples poemas.Gosta de Deus tanto ou mais do que eu. E isso é um consolo. Fico triste quando encontro alguém que não acredita. Acreditar é o que nos dá forças para viver.
Que Ele abençoe toda a sua vida.
Beijos

Maria Letra disse...

Felizes são os que sentem
genuina, a Felicidade,
porque há muitos que nos mentem,
não nos dizendo a verdade.

E isto acontece muito, amiga. Não se passa connosco, pela transparência em que se alicerçou a nossa amizade, a qual rego todos os dias com um bom dia matinal para ti, mesmo quando não falamos.
Obrigada pela visiya. Tu sabes que Ano Novo te desejo, não sabes? Aquele tal que tem tido receio de entrar, por causa da forma como o mundo está. Mas este ano, temos de incitá-lo a vir ter connosco. Estamos a precisar tanto...
Bjnhs.

Adelaide disse...

Olá amiga do coração,

Tem de entrar nem que seja ao safanão. Safanão este que deveria ser "colado" em muitas "fuças" que se riem demais por terem seu futuro assegurado, sem problemas e pesados bolsos, quando deviam chorar pelo mal causado a quem não merecia e cujos bolsos não pesam nada.

Abre a porta de par em par
Para que ele possa entrar....

A amiga de sempre *****