10.10.09

O MEU RIACHO

















O meu riacho, amigo de todas as horas,
É meu porque nele meus dedos molho feliz
Em todas as manhãs e tardes de sol dourado!
Aquela água fresca e pura do meu riacho,
Como o cristal puro que canta e brilha,
Vai saltando feliz e contente,
De rocha em rocha, como passadas de gente!
Pequenas cataratas, prateadas, saltitantes,
Atiram aos ares gotas lindas como pérolas!
E como a luz do sol por entre elas se esgueira,
É o arco-iris que com suas cores espreita.
Sento-me na minha rocha à beira da margem,
Que também é minha porque a afago com amor
e o calor da minha mão já lhe pertence.
Olho o azul do céu que é de todos nós e meu,
Que me sorri num longo sorriso porque também ele
Gosta do meu riacho que continua crescendo e correndo
Porque outros, com abraços, se lhe vão juntando.
E porque já são vários na corrida,
Deslizam contentes aos saltos,
Fazendo olhinhos às flores das margens,
Como namorados que trocam mensagens!
Finalmente o mar recebe com alegria
Os filhos que cresceram e já são rios
E que à casa paterna com ânsia e louca euforia
quiseram voltar.
O mar e os rios estão felizes abraçados a lutar
Porque uma onda gigantesca se eleva no ar!

Mara

******

7 comentários:

Fernanda disse...

Amiga Milai,

O poema é lindo. Parabéns.
Fiquei com uma sensação de alegria, de comunhão.
Gostei mesmo muito.

Beijinho

Ana Martins disse...

Querida amiga Mara,
a natureza por si só já é um poema de encantar, se juntarmos a ela este seu escrito temos uma comunhão perfeita!

Beijinhos,
Ana Martins

Mara disse...

Querida Ana,

O meu coração estremece de alegria logo que vejo o seu perfil.
Obrigada pelas suas palavras doces, que só uma poetisa do seu calibre sabe dizer.

Beijinhos
Mara

Vitor Chuva disse...

Olá Milai!
Se o seu riacho já era lindo, ainda mais o ficou depois de lhe ter dedicado esta bonita,ternurenta,poesia.

Um abraço.

Vitor Chuva

Mara disse...

Amigo Vitor,

A minha poesia é bonita e ternurenta!
Que mais eu podia querer?

Um abraço amigo
da
Milai

Maria Letra disse...

Querida Amiga Milai,
Já tive ocasião de comentar este teu poema, no blogue "Sempre Jovens", mas não será demais repetir que conseguiste com ele aquilo que se espera dum poema: tocar fundo e positivamente, a nossa sensibilidade. Adorei lê-lo.
Beijinhos.
Maria Letra

MARA disse...

Querida Mizita,

Que bom tudo o que dizes sobre O MEU RIACHO. Ter um riacho é maravilhoso. Saltitando de pedra em pedra, como um elefante de nenúfar em nenúfar...Ah Ah
Mas toquei o teu nobre coração e isso me faz feliz.

Beijinhos
Milai